Além das palavras

SO COZINHA SICILIANA

percursosculináriosentre improvisação e tradições familiares

LE SICILIANE

A "Siciliana" ou "pizza fritta" temhistórianafamília de Mauro. A avó paterna, Wanda, era napolitana e fazia "pizza fritta". Mauro, meumarido, que fica louco por pizza, adotou esta receita. O interiorpode ser composto de anchovas de cebola e tuma (típicoqueijosiciliano) ou de tuma (oumussarelasimples) e presunto. A massa épreparadacomfarinha de sêmola (1 kg, para 6) fermento empó e sal e água e vino rosso. Deixelevedar durante 2/3 hora. Emseguida, a massa édivididaempedaçospequenos, coloqueemcujointerior o Cipolletta, Tuma e anchovas, e vai fechar o todo, de modo a formar pequenascalças.
Emseguida, friteemóleobemquente.

Aspizzasfritassãocomidasbemquentes

LE GRAFFE

meioquilo de debatatas, meioquilo de farinha 00, 60 g de banha de porco, 3 ovos, umapitada de sal. Água, a quantidadequepode ser absorvida. Umpacote de fermento. A massa deve ser muitosuave. Fritarcom o óleo de girassol.

CICILIU DI PASQUA

Na Páscoa, na casa da avó Giovanna, fazemos "u cicilìu". É umdocetípico de Páscoafeitocom "pastafrolla". Emvez de manteiga, usamos a banha de porco (strutto). Estessãoosingredientes: 1 kg de farinha 00, 400 gr de banha de porco, 5 ovos (2 gemas e dois completo e um ovo cozido), 400 gr de açúcar. No "vulcão" de açúcar e farinha, adicione a banha e, emseguida, osovos, deixando de lado o cozido. Trabalhe a massa por um tempo curto. Deixedescansar por uma hora na geladeira. Emseguida, moldar a massa, de modo a ter a forma de umapombinha. Finalmente coloque o ovo cozido no centro da "pombinha" comduasfaixacruzadas de massa. Coloque no forno.

BATATAS, CEBOLAS E ABOBRINHAS RECHEADAS

Esta receita, entreas da avó Giovanna, é a minha favorita. A avó Giovanna éumamulherincrível. O pilar da nossafamília. Fui ver-la háalgunsdias e achei nacozinhafritandoalgumacoisa. Este ano vai fazer 93anos!Aquiestá o prato: cavar cebolasbatatas e abobrinha, colocar o tritato de carne dentro, fritaremazeite extra virgem. Juntarumpouco de molho de tomate.

Bomapetite.

PASTA LORDA, LEMBRANÇAS DE UMA NONNA MUITO ESPECIAL

Este prato étípico da muitoamada (e falecida) avó Anna. Esta avóespecialfoi a mãe de 10 filhos. Nunca a ouvigritar para ser ouvida. Suaspalavrasforam sempre de compreensão e de paz, nunca mais de julgamento. Contoucom a Providência e essa jamais a traiu. A “pasta lorda” significava quehaviauma festa para comemorar e, comcerteza, muitobarulho e confusão ! Os ingredientes são: “Maccheroni lisci”, molho de tomate, cubos de berinjelafrita, queijosuave e ovoscozidosempedaçospequenos.

A únicacoisaque leva tempo é o cozimento da berinjela. Esta, cortadaemfatias, deve  descansaremáguasalgada por uma hora (a águaserá mais escura). Emseguida, fritaemazeite extra virgem e cortadaemcubos.

Cozinhar o molho de tomate nãoéfácil (atéparece..). Vocêtemquecortarostomates e deixarcozinharempoucaágua. Emseguida, adicionarumpouco de sal. Então por o açúcar, atéquetenharemovido o agro. Nofinal, depois de ter equilibradosal e açúcar, juntar o azeite e algumasfolhas de manjericão.

Umavezqueos maccheroni estarãocozidos, ésomentecolocartodososingredientesjuntos. E muitoparmiggianoralado.

E isso étudo.

loader